Voltar à lista

Afinal a austeridade não faz perder eleições?

28 Setembro 2015

Ao fim de quatro anos de política económica de austeridade, Portugal vai a eleições no próximo fim-de-semana e o que as sondagens revelam até agora é que a coligação governamental que colocou em prática essa política está a ser bastante menos penalizada do que aquilo que se poderia esperar e está mesmo em posição de poder ganhar as eleições.

O que é que isto significa? Que a imposição de austeridade não tem um efeito eleitoral de penalização a quem a pratica?

Os estudos académicos que tentam responder a esta questão apontam em sentidos diversos, mas oferecem algumas pistas sobre o que pode estar a acontecer:

Para além da simples questão se a austeridade faz ganhar ou perder votos, pode haver outros factores que ajudam o que está a acontecer em Portugal — e que aconteceu no Reino Unido, mas não aconteceu na Grécia — como a dose de austeridade que foi aplicada ou o facto de os eleitores darem muito mais importância ao que aconteceu à economia e à sua própria situação financeira nos últimos seis meses, em vez dos últimos quatro anos.

Também gostámos de ver: